Salmo 124


As derrotas que o povo de Israel sofreria se não fosse o livramento do Senhor
Salmo 124.1-8

Introdução

1.Quantas vezes o Senhor já livrou os crentes de caírem nas mãos dos inimigos e do maior Inimigo, Satanás? Deus livra os crentes de caírem em suas tentações. Se não fosse o Senhor já teríamos sucumbido.

2.Este salmo pode ser aplicado em qualquer época do povo de Deus, pois Ele sempre livrou o povo de Israel. Até mesmo quando o povo foi levado para o cativeiro Deus teve misericórdia e não deixou que os inimigos triunfassem totalmente sobre a nação.


3.Os cânticos dos degraus, como sabemos, eram cantados em procissão em direção à casa do Senhor. Não sabemos quem escreveu este salmo.

4.O povo contava com a ajuda do Senhor nos momentos difíceis. Não fosse o livramento do Senhor povo de Israel sofreria muitas derrotas.

I.O povo seria engolido pelas águas (v.1-5)
1.Em várias épocas o povo de Israel esteve em situação em que ficaram livres graças à intervenção de Deus. Muitas vezes os homens se levantaram contra Israel. Da mesma forma, se não fosse o Senhor para nos auxiliar em momentos tão difíceis não conseguiríamos atravessá-los (v.1-2).

2.Quantas vezes Israel quase foi engolido vivo! Na escravidão do Egito, Deus levantou Moisés. Na abertura do Mar Vermelho, Deus segurou as águas, senão estas teriam engolido Israel como engoliram o exército de Faraó. O rei da Pérsia teria apagado Israel da terra se não fosse o Senhor levantar a rainha Ester. Na Segunda Guerra, os judeus teriam sido exterminados se não fosse o Senhor levantar pessoas para protegê-los. Morreram quase 6 milhões de judeus, mas não foram devastados da terra (v.3-5).

3.Deus protege o Seu povo. Ele está nos protegendo de muitas formas. Satanás já teria acabado com todos os crentes, mas o Senhor está poupando muitos para testemunho nesta terra. Roma tentou acabar com os primeiros cristãos, mas o Senhor protegeu muitos e mesmo os que morrerão serviram de testemunho e incentivo aos demais.

4.As águas não nos submergirão, pois o Senhor está conosco. Como diz o cântico infantil: “Com Cristo no barco tudo vai muito bem e passa o temporal”.

II.O povo serviria de presa aos inimigos (v.6-8)
1.O povo de Israel não ficou à mercê exclusiva dos inimigos, pois Deus sempre interveio no momento certo. A Babilônia prendeu Israel, mas não continuou com a nação, pois o governo Medo-Persa conquistou a Babilônia e, assim, Israel passou de uma mão para outra. Israel não ficou nos “dentes do leão da Babilônia” (v.6).

2.A corda se quebrou antes de prender a nação de Israel. Já estivemos muito perto da destruição e de nos afastar da fé, mas o Senhor quebrou tudo o que nos prendia (v.7).

3.As armadilhas são muito variadas, pois cada animal tem o seus hábitos e preferências. As iscas e ceva são diferentes para os diversos animais. Algumas armadilhas são para pegar o animal vivo e sem ferimentos, outras são para matá-los e feri-los. Existem as arapucas para pássaros, há as redes e laços, há covas camufladas com folhas, com ou sem estacas embaixo, existem os currais para rebanhos com trancas quando entram, existem as gaiolas em forma de funil para quando entram desarmam a tranca e a porta se fecha, as ratoeiras são feitas com muita pressão e com garras para machucarem e matarem. Para moscas existem os pega-moscas, papéis grudentos e até luzes em que os insetos atraídos são eletrocutados.

4.Os próprios animais têm suas armadilhas naturais, por exemplo, o tamanduá que atrai as formigas com sua língua pegajosa. Ao grudarem em sua língua comprida, as formigas passam a ser o seu alimento. As aranhas são ótimo exemplo também de armadilhas. As suas teias são proteínas fibrosas revestidas de fluidos. Os insetos ficam grudados e se decompõem para o alimento das aranhas.

5.O socorro do crente está na confiança no Senhor que é o criador do céu e da terra. Ele que fez todas as coisas também as controla. Ninguém teria poder algum de nos prender se o Senhor não permitisse (v.8).

6.Nós só não nos tornamos presa de Satanás porque Deus é o nosso protetor.

Conclusão

Se não fosse o livramento do Senhor o povo de Israel teria sido derrotado. Se não fosse o cuidado diário do Senhor por nossas vidas há muito teríamos nos afogado nas águas dessa vida e nos laços do Inimigo. Por isso, todo o louvor ao Senhor que nos livra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário