Salmo 147


Os domínios de Deus
Salmo 147.1-20

Introdução

1.Deus domina sobre tudo. Não há nada que Ele não possa sujeitar. Até o próprio Satanás, o grande inimigo de Deus, apenas cumpre um período de aparente liberdade por causa dos propósitos do próprio Deus.

2.O domínio de Deus abrange os céus e a terra, as coisas visíveis e invisíveis, os homens e os animais. Os domínios de Deus vistos neste salmo são os seguintes:

I.Sobre os feridos (v.1-3)

1.É bom louvar a Deus e cantar, pois Ele tem domínio sobre aqueles dispersos de Israel que voltaram da Babilônia, bem feridos emocionalmente, mas cheios de esperança no Deus da nação.

2.Deus tem o poder de sarar as feridas dos quebrantados. Ele tem domínio sobre os feridos. Quando ninguém mais vê a nossa dor, Ele vê e cuida.

II.Sobre o firmamento (v.4-8)
1.Os astrônomos identificam 88 constelações. Apenas na nossa galáxia (Via-Láctea) existem 100 bilhões de estrelas. Os astrônomos identificam 10 milhões de outras galáxias. Portanto, há bilhões e bilhões de estrelas.

2.É muito provável que esses números nem cheguem perto da verdade, mas a Bíblia diz que Deus conta o número das estrelas e ainda as chama pelo nome. Os astrônomos deram nome para as estrelas mais brilhantes, as que se destacam mais e para algumas constelações.

3.O entendimento de Deus é infinito, pois Ele tem domínio sobre o firmamento, o qual para Ele tem extremidades, enquanto para os cientistas é infinito.

4.Apesar do firmamento ser tão alto e o homem tão baixo, Deus eleva os humildes acima das estrelas, a sua própria presença. Há motivos para cantarmos ao Senhor.

5.Como Ele tem domínio sobre o firmamento, Ele domina também as chuvas e controla a viagem das nuvens pela terra a fim de regá-la.

III.Sobre os animais (v.9-10)
1.O mundo animal é indomável para o homem, mas Deus tem todo o domínio sobre cada criatura da terra, do ar e do mar e debaixo da terra.

2.Deus sustentou os animais com ervas até vir o pecado sobre a humanidade e sobre o reino animal. Depois, com o governo humano depois do dilúvio, Deus permitiu a lei da sobrevivência entre os animais. E assim os animais se alimentam, hoje. Isto será assim até a redenção da criação que no momento geme (Rm 8.19-22).

3.Deus domina sobre os animais e sobre os homens, por isso, a força deles nada é diante do poder majestoso de Deus.

IV.Sobre os termos de Seus filhos (v.11-15)
1.Pelo fato de Deus ter o domínio absoluto sobre toda a criação, devemos esperar por Sua misericórdia. Assim como Israel, a Igreja deve o louvor ao Deus dominador.

2.Deus protege a cidade de Jerusalém, que é a cidade de Seus filhos. Jerusalém e os seus termos estão sob o domínio do Deus de Israel. Além de proteção, Deus dá alimento para a nação.

3.Da mesma forma a Igreja está sob o domínio de Jesus Cristo e o maligno não pode avançar os seus termos. Além da proteção, o Senhor Jesus Cristo alimenta a Sua Igreja.

4.Outro termo que está sob o domínio de Deus é toda a terra. Ele enviar a Sua Palavra por toda a terra e ninguém pode impedir. A Palavra de Deus e o evangelho correm velozmente.

V.Sobre a climatologia (v.16-18)
1.Se existe algo engraçado no jornalismo é a previsão do tempo. Apesar de toda a tecnologia o homem não tem domínio sobre a informação do que, de fato, acontecerá com o tempo.

2.Em 2002 houve racionamento de energia elétrica, pois as represas de algumas regiões da região Sudeste do Brasil estavam com baixo nível de água. Falava-se que não se espera chuvas satisfatórias até determinada época. Que engano! Como choveu e como as represas se encheram! Deus tem o domínio sobre a climatologia.

3.Deus pode espalhar a neve e a geada em abundância e deixar tudo branquinho. Deus pode fazer com que icebergs se derretam e que montanhas de gelo causem avalanches.

4.E quanto ao frio, quem pode resistir? Algumas regiões atingem a marca absurda de 70o graus centígrados abaixo de zero! Deus domina toda a climatologia.

Conclusão
1.O domínio de Deus está também sobre a nação exclusiva, Israel (v.19-20).

2.A Igreja é propriedade exclusiva de Deus. Portanto, Deus tem domínio sobre nós. Não temos direito sobre nós mesmos, mas vivemos para agradar Aquele que domina sobre todas as coisas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário