Mateus 1

Capítulo 1: A genealogia de Jesus Cristo e o Seu nascimento
1.O Senhor Jesus tem todo o direito ao trono de Davi. Na genealogia de Jesus há menção de quatro mulheres, mostrando a importância delas e a graça de Deus incluindo duas mulheres gentias (Raabe e Rute) e três não sendo o padrão de pureza moral (Tamar, Raabe e Bate-Seba). Note que quanto a José (v.16) não se diz que ele “gerou”. Sete vezes neste livro é dito que Cristo é o Filho de Davi (1:1, 9:27, 12:23, 15:22, 20:30, 21:9, 22:42). Cristo significa “Ungido” é a forma grega para Messias. Ungir significa derramar óleo sobre a cabeça. Cristo foi ungido com o Espírito Santo. A pomba é uma figura do Espírito, mas também o óleo que era aspergido nos sacerdotes e reis (v.1-17).


2.A doutrina da Encarnação do Senhor Jesus é essencial, pois Ele só pôde se identificar com o pecador assumindo um corpo em semelhança de pecado (Romanos 8.3). No intervalo de um ano de compromisso até o casamento Maria ficou grávida. José iria se divorciar para proteger Maria da punição com morte. O nome Jesus é o mesmo que Josué e Oséias e significa Jeová salva. Não há nenhuma indicação que Cristo tenha sido chamado de Emanuel. Este era mais um título do que um nome em si. Cristo é Deus e está conosco ou veio habitar com o homem. A palavra “enquanto” (v.25) indica que Maria não continuou virgem após ter dado à luz (v.18-25).

Nenhum comentário:

Postar um comentário