Mateus 5


Capítulo 5: As bem-aventuranças e o cumprimento da Lei
1.As Bem-aventuranças anunciam o reino de Cristo onde haverá recompensas para os que andam na justiça. Hoje, não há justiça completa e verdadeira. O código de ética para o reino já pode ser exercido, de certa forma, pelos salvos por Cristo Jesus. O sal usado nas construções antigas de Israel, misturado com barro, era a única forma do sal ficar insípido. O Senhor Jesus deu aos salvos a maravilhosa oportunidade de fazerem uma diferença na sociedade tanto para transformar vidas como para preservar a sociedade de maior podridão. A ilustração da candeia segue o mesmo princípio de ajudar a sociedade a ter uma direção  (v.1-16).


2.Quando Cristo diz que veio cumprir a Lei significa que veio pagar a exigência dela que é a morte do pecador. Cristo veio sofrer a consequência da Lei por nós pecadores para que ficássemos livres de suas cobranças. O Senhor Jesus não veio facilitar o Velho Testamento como alguns supõem. Ele mostra a nova dimensão dos princípios da lei a respeito do homicídio, reconciliação, adultério, juramentos, vingança e amor. Cristo não veio tornar o Novo Testamento mais fácil do que o Velho Testamento como muitos erroneamente pensam. O Velho Testamento condenava o adultério e, isto é claro, referia-se à consumação do ato sexual ilícito. O Novo Testamento condena até mesmo a intenção do coração e os pensamentos secretos e lascivos. Portanto, Cristo não veio facilitar a Lei para os pecadores, mas para mostrar todo o peso dela e sofrer este peso em Seu próprio corpo como nosso substituto (v.17-48).

Nenhum comentário:

Postar um comentário