Atos 15


Capítulo 15: A assembléia em Jerusalém. A segunda viagem missionária
1.Chegaram de Jerusalém ensinando a circuncisão para a salvação. Paulo e Barnabé combateram este ensino, por isso, foram enviados a Jerusalém pra dar este parecer aos irmãos. Chegando lá os fariseus crentes estavam intransigentes sobre a questão, por isso, os líderes se reuniram particularmente. Após esta reunião da liderança Pedro tomou a palavra com a assembléia dos crentes. As obrigações da religião judaica são chamadas de jugo no v.10. Sendo que esse judaizantes se espalharam, principalmente na região Frígio-Gálata, e Paulo não teve tempo de ir para lá, pois estavam em Jerusalém, escreveu carta aos gálatas. Jugo para o judeu não significa necessariamente algo que não gostasse, mas uma obrigação (v.1-11).


2.Paulo e Barnabé relataram suas experiências entre os gentios, confirmando que creram, de fato. Depois Tiago, o líder da igreja em Jerusalém, tomou a palavra. Fica claro que o gentio que se converte não precisa se tornar prosélito do judaísmo para depois, tornar-se um da Igreja de Cristo. Citou Amós 9.11-12 sobre a salvação dos gentios. O Tabernáculo caído de Davi refere-se ao trono de Davi. Este tabernáculo, hoje caído, será levantado, cumprindo, assim a profecia do pacto davídico, o reino eterno na terra, sendo que o Messias será o Rei. Os gentios deviam, sim, afastar-se dos ídolos, das relações sexuais ilícitas (às vezes prostituíam a própria esposa e filhas por lucro financeiro), e carne de animais sufocados; tudo isso para evitar escândalo entre os judeus. Quanto à maneira de encarar o sexo teriam que mudar completamente, pois Deus não aceita aquele tipo de prática, quanto às festas idólatras também teriam que ver que o Senhor Jesus é o único que deve ser adorado, e quanto a comer carne encharcada com sangue era para evitar como respeito aos judeus. O v.21, um pouco difícil de entender, alerta os gentios que em todo o lugar existem judeus e, que quase em todos os lugares existem sinagogas e para ganhá-los é preciso muito tato (v.12-21).

3.Através da carta circular, enviada por Paulo, Barnabé, Judas (Barsabás) e Silas. Judas Barsabás pode ser o irmão de José Barsabás (Atos 1.23). Silas é o mesmo que Silvano. Judas representava os judeus e Silas os helenistas. Silas voltou com Judas para Jerusalém e depois retornou a Antioquia (v.22-35).

4.Barnabé concorda com Paulo em visitar as igrejas já formadas, porém, quer a companhia de João Marcos. Paulo não quer ter por companheiro alguém que recue diante das dificuldades encontradas, como já aconteceu com João Marcos. Barnabé insiste e esses dois preciosos missionários separam-se. Barnabé leva João Marcos consigo e vai para Chipre. Mais tarde Paulo fala de Barnabé com grande afeto e quer que João Marcos junte-se a ele, pois lhe é útil para o ministério (Filemom 24, 2 Timóteo 4.11, Colossenses 4.10-11, 1 Coríntios 9.6). Consequente à contenda saíram duas expedições e não só uma (v.36-41).

Nenhum comentário:

Postar um comentário