Jeremias 8

Capítulo 8: O castigo inevitável
1.Os inimigos mostravam o seu poder profanando os sepulcros dos antigos heróis ao invadir uma nação. O próprio Deus é envergonhado nesse cativeiro, pois servos do passado têm sua história depreciada pelos perversos caldeus. O castigo se torna inevitável e o profeta Jeremias passa a descrever o castigo devastador. Até as aves migratórias sabem o caminho e época de sair ou voltar, mas o povo de Judá não acha o caminho do arrependimento. Os entendidos do povo, os escribas, não sabem o caminho de Deus. Os sacerdotes e profetas estão envolvidos em ganância. Há uma pregação enganosa, uma ilusão sendo ensinada como consolo. Porém, não haverá paz. A vergonha não motiva os falsos profetas. Eles não têm fruto para oferecer, assim como não ficará frutos ou pessoas na terra (v.1-13).


2.O pecar contra Deus resulta em morte, mas o arrependimento resulta em vida. Os povos de Israel e Judá tiveram tempo para se arrepender, mas não quiseram e, por isso, o castigo é inevitável. Dã fica ao norte e de lá já veio a destruição. O reino do Norte foi para o cativeiro da Assíria e o reino do Sul irá para o cativeiro da Babilônia. Os caldeus são como cobras venenosas (v.14-17).

3.O profeta se entristece, mas não tem o que fazer, além de anunciar o juízo, orar pelo povo e chorar. Deus, como se tivesse que dar explicação ao profeta, justifica o Seu juízo mostrando o descaso do povo para com o Rei, Ele mesmo, tornando-se idólatras. Os pássaros saem no inverno, voltam no outono para sua sobrevivência. Quanto ao povo de Judá, o verão passou, passou também a época da colheita, mas não se salvaram, por isso, o profeta está aturdido. A cidade de Gileade era conhecida pelo bálsamo de qualidade feito ali. Porém, não há cura para a desobediência obstinada de Judá (v.18-22).


6 comentários:

  1. O Senhor quer obediência, e não sacrifício e está difícil achar neste século pessoas que deseje servi-lo apenas por gratidão pela salvação dada na cruz.
    Os sacerdotes querem curar a ferida do povo passando o balsamo da omissão, sendo necessário que pessoas se coloquem na brecha pela nação.
    Necessitamos de Jeremias, que chorem pelo arrependimento do povo

    ResponderExcluir
  2. os povos pecam e não quer ser arrepender dos seus maos caminhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E dicicil hoge em dia encontrar verdadeiros adoradores...

      Excluir
    2. Quando Deus tira alguem da nossa vida e porque o melhor ele tem para oferecer a cada um de nos...

      Excluir
  3. A paz do Senhor Jesus meu irmão..,, é muito prazeroso aprender mas e mas a palavra do Senhor..,, me sinto satisfeito em aprender esse sermão com vc meu querido..,, que Deus continue te abençoando ricamente e família,, um grande e maravilhoso abraço...

    ResponderExcluir