Jeremias 36

Capítulo 36: O rolo escrito, lido, queimado e reescrito
1.Este acontecimento se deu uns 10 anos antes do cativeiro. Jeremias não era bem aceito pelas autoridades, mas dessa vez parece que os príncipes mencionados tiveram cautela com as palavras do profeta. Alguns acham que Jeremias não estava preso, mas impedido de entrar no Templo. O rolo foi escrito por Baruque e ditado por Jeremias. Foi um período de jejum cerimonial entre o povo. Isso facilitou, pois todos estavam reunidos solenemente. Jeremias esperava que o povo humildemente reconhecesse o pecado e se voltasse para Deus em arrependimento. O rolo foi lido na Casa do Senhor e, portanto, os que chegavam ali de outras cidades ouviriam o recado de Deus (v.1-10).

2.Os príncipes tiveram boa atitude de ouvir e levar ao rei o escrito, mas o texto só diz que se
atemorizaram. Não sabemos quanto à aceitação. Parece que foi boa, pois mandaram Baruque e Jeremias se esconderem e também insistiram para que o rolo não fosse queimado. Aqui mostra que Jeremias não estava preso, pois senão como poderia se esconder? (v.11-19).

3.O rolo foi livro pela terceira vez. Uma leitura foi para o povo, a segunda para os príncipes e a terceira para o rei. Jeoaquim não se atemorizou diante da leitura, mas pelo contrário, indignou-se e mandou queimar o livro. Jeremias e Baruque só não foram presos porque se esconderam. Os príncipes já previam que o rei Jeoaquim não gostaria nada da leitura da Palavra de Deus contra o seu reino (v.20-26).

4.Deus ordenou que a dupla Jeremias e Baruque agissem novamente contra a obstinação do rei Jeoaquim. As palavras do novo escrito tinham as mesmas anteriores e mais outras, inclusive a decisão de Deus de não deixar que nenhum descendente de Jeoaquiam se assente mais no trono de Davi, ou seja, no reino de Judá. Jeoaquim também teria uma morte sem sepultamento o que era, como já sabemos, uma enorme humilhação e desonra. Qualquer rei tremia somente de pensar que sua memória seria desonrada nas gerações seguintes.

5.Temos muitas lições deste capítulo. A seguir algumas delas.

1) A Palavra inspirada de Deus contou com o auxílio do homem santo, isto é, obediente.
2) A Palavra de Deus sempre planeja a conversão do homem pecador.
3) A Palavra de Deus precisa ser anunciada a todas as pessoas.
4) A Palavra de Deus provoca temor no pecador atento e indignação no rebelde.
5) A Palavra de Deus não fica calada diante da rejeição do pecador. Ela continua a falar.

15 comentários:

  1. obrigado pela ajuda de ensino. foi muito gratificante a interpretação e o modo de ensino. Obrigado. Deus te abençoe.

    ResponderExcluir
  2. muito bom trabalho. foi edificante. Obrigado.

    ResponderExcluir
  3. Muito obg
    Linda interpretação
    Deus o abençoe

    ResponderExcluir
  4. Muito obg
    Linda interpretação
    Deus o abençoe

    ResponderExcluir
  5. Bom estudo .. Que possa te abençoar cada dia e continue te usando...

    ResponderExcluir
  6. Estudo bom...que Deus continue te abençoando e te usando ...

    ResponderExcluir
  7. Bom estudo .. Que possa te abençoar cada dia e continue te usando...

    ResponderExcluir