Gênesis 21



Capítulo 21: O nascimento de Isaque e o acordo de Abraão com Abimeleque
1.A bondade do Senhor está também no fato de ter tido paciência com Sara e Abraão os quais agiram, algumas vezes, como se não cressem nas promessas do Senhor. O significado do nome Isaque (“riso”) tem a ver com a alegria e também com a incredulidade de Abraão e Sara que riram com riso de zombaria diante da demora do cumprimento da promessa. Obedeceram à ordem da circuncisão aos 8 dias de vida. A alegria de Sara não era apenas por ter um filho, mas por ter dado um filho ao marido. Isaque foi desmamado com três anos e Ismael teria 17 anos.[1] (v.1-8).

2.Dezessete anos depois e ainda as famílias mantinham uma rixa uma com a outra. Desta vez, Ismael gracejava de Isaque e isso levantou toda aquela provocação do passado. Abraão amava Isaque, mas
também amava Ismael e para ele os dois tinham lugar em seu coração e nas suas heranças. No coração de Sara parece que não havia lugar para Ismael, pois não era seu sangue. Deus tranquiliza Abraão, pois o Senhor ama Ismael ainda mais do que Abraão pudesse amar. A cena se repete, Ismael e a mãe são mandados embora. Parece que Ismael estava desfalecido, pois ele já era um pequeno homem e fica abandonado, como há dezessete anos, ao pé de um arbusto. Assim como Deus ouvir Agar uma vez, Ele a ouviu novamente em relação ao filho. Vemos que Ismael e Isaque formaram uma história paralela de amor, mas pelo mesmo Deus. Isso prova que os árabes e israelenses poderiam viver em paz ainda hoje. Agar sendo egípcia provavelmente conseguiu uma esposa de sua parentela para Ismael (v.9-21).

“Quando alguém nos maltrata ou se opõe a nós, nossa reação instintiva é justificar-nos e fazer tudo o que podemos para lutar. Essa atitude egoísta normalmente nos leva a decisões impulsivas que só farão as coisas piorarem.”[2]

3.Abimeleque rei dos filisteus ainda tinha grande respeito por Abraão, apesar do ocorrido anteriormente. Parece que a fama de enganador de Abraão não saiu facilmente da cabeça de Abimeleque. Agora, no entanto, a reclamação vinha de Abraão que perdera um poço, pois os servos de Abimeleque o tomaram. Abimeleque não sabia nada disso. Por isso, é importante tiramos as dúvidas que surgem em relacionamentos para não colocarmos o irmão em julgamento temerário. Abraão e Abimeleque fizeram um acordo com sangue de animais. Berseba significa ber = fonte e sheba = sete devido ao pacto feito com sete ovelhas por causa da fonte ou poço (v.22-34).


[1] The Pulpit Commentary, Gn 21.8 - Edited by the Very Rev. H. D. M. Spence, D.D., and by the Rev. Joseph S. Exell, M.A. (Published in 1880-1897 extraído de e-sword version 10.3.0 - 2014)
[2] The Peacemaker, pg. 20 – Ken Sande (Baker Books – Grand Rapid – MI – EUA – 3ª impressão 2004)

Nenhum comentário:

Postar um comentário