Jonas 4



Capítulo 4: Descontentamento com as bênçãos de Deus
Jonas é o exemplo dos segredos do coração de muitos missionários cansados. Ele não conseguiu sentir alegria na conversão em massa do povo de Nínive. Ele sabia que isso aconteceria, pois conhecia o caráter misericordioso de Deus, inclusive ele foi alvo da bondade do Senhor. Jonas se cansou de viver. Ele não mais aguentava carregar o peso da hipocrisia. Deus o confrontou com este sentimento, mostrando o quão irracional estava sendo Jonas. Apesar da ira injustificada de Jonas, ele esperava a destruição da cidade. Embora ele tenha visto o arrependimento da cidade, talvez pensasse que não fosse genuíno. Deus ainda foi tão paciente com Jonas que o cobriu de sombra, mas não daria o prazer maligno para ele de ver a cidade de Nínive ser destruída. O Senhor mostrou que pode dar o bem, a sombra, mas também pode desfazer dela. Tudo vem do Senhor, mas Jonas só aceitava o bem. Ele preferia morrer a deixar de usufruir do prazer daquela sombra. Deus tentou mostrar a Jonas como ele estava sendo irracional, mas ele estava obstinado. Nem parecia o mesmo homem que orava de modo piedoso dentro do ventre do grande peixe. Assim somos nós em leitos
de hospital, na cama da doença, nas dificuldades financeiras. Achamos que poderíamos sair das aflições pessoas melhores, mas nos deparamos com nosso egoísmo. Precisamos da misericórdia constante do Senhor. As pessoas não eram mais importantes para o missionário Jonas. A paixão pelas almas que se perdiam não afetava mais o seu coração. Roguemos ao Senhor da seara que mande mais trabalhadores para a Sua seara, mas também roguemos que Ele mantenha viva a chama missionária em nosso coração (v.1-11).

“… Jonas tem alternativas claramente definidas, pregar a Nínive ou rejeitar a ordem de Deus e sofrer o castigo. Embora ele tenha finalmente optado pela primeira, ele também enfrentou mais tarde a segunda alternativa, sua obstinação sempre frustrando o íntimo relacionamento buscado pelo Deus de amor. Esse orgulho persistente é o que Yavé mais detesta e é o que faz de Jonas uma personagem trágica.[1]

Quando não estamos contentes com as bênçãos de Deus
1.Irritamo-nos com a paciência de Deus para com o pecador (v.1-2)
2.Cansamo-nos da vida (v.3-4)
3.Esperamos o mal para as pessoas (v.5)
4.Tornamo-nos hedonistas, vivendo somente para os prazeres momentâneos (v.6-8)
5.Discutimos com Deus de modo irracional (v.9-11)



Pércio Coutinho Pereira, 2015

Fontes:

1. Comentário Bíblico de Matthew Henry - Jonas, pg. 2 – Matthew Henry (Casa Publicadora das Assembleias de Deus - 3ª Edição - 2003)
2. Comentário Bíblico Moody , pg.10-11 - editado por Everett F. Harrison (IBR – São Paulo – SP – 4ª impr. 2001)
3. Novo Comentário da Bíblia, pg.15 (Editado pelo Prof. F. Davidson, MA,DD. Editado em Português pelo Rev. D. Russell P.Shedd, MA, BD, PhD – Edições Vida Nova – São Paulo – SP – 2000)
  1. Death in Life: The Book of Jonah and Biblical Tragedy, pg. 16 - Branson L. Woodard (Grace Theological Journal vol. 11 Primavera de 1990)

[1] Death in Life: The Book of Jonah and Biblical Tragedy, pg. 16 - Branson L. Woodard (Grace Theological Journal vol. 11 Primavera de 1990)

Nenhum comentário:

Postar um comentário