Malaquias 2

Capítulo 2: Pecados na adoração e nos casamentos
1.Os líderes espirituais, os sacerdotes, não conduziram bem o povo para adorarem ao Senhor. Deus amaldiçoará até as bênçãos deles. Os sacrifícios imperfeitos, de animais aleijados e cegos, não valiam para Deus. Ele usa uma expressão indecorosa, mas mostra a ira de Deus sobre os líderes. Deus esfregaria os excrementos desses animais nas faces dos sacerdotes e os jogaria junto com os excrementos. Que declínio para homens que deveriam ser limpos. Levi foi fiel ao Senhor e recebe aqui menção honrosa, porém, os descendentes não seguiram a mesma piedade. Não apenas caíram, mas fizeram que outros caíssem. A responsabilidade do líder tem reflexo nos liderados, por isso, o juízo dos líderes espirituais deve ser manifesto a todos (v.1-9).

2.Outro ponto da ira de Deus sobre os que retornaram do cativeiro era a infidelidade no casamento.
Aqui não está falando do divórcio, embora estivessem se divorciando para casarem com mulheres estrangeiras e idólatras. Nem mesmo as ofertas e adoração ao Senhor apaziguam a ira de Deus sobre este assunto. Não existe adoração verdadeira enquanto houver impureza no meio do povo (v.10-12).

3.Agora, sim, o assunto é divórcio. Eles se divorciavam para casar com as mulheres pagãs. Eles descobriram a insatisfação de Deus ao levarem suas ofertas ao altar. Deus não as aceitava. O povo clamava e chorava. Os adoradores queriam explicação de Deus. O Senhor explica que não aceitava a adoração por causa dos divórcios. Ele usa os termos da criação e da instituição do casamento. Deus fez o casal uma só carne e agora estão rompendo com este acordo, esta aliança. Deus odeia o divórcio. É certo que muitos não conheciam a Palavra antes de se divorciarem, mas há muitos outros que já conheciam a Palavra quando se divorciaram. Deus compara o divórcio à violência e estão fazendo isso de modo tão simples como trocar de roupa. Deus se cansou do povo devido à indiferença para com a injustiça praticada (v.13-17).

“... Deus odeia o divórcio. Em parte alguma o V.T. aprova o divórcio, embora prescreva o que deve ser feito sob dadas circunstâncias nas quais o divórcio acontecia (Dt. 24:1-4; veja também Mt. 19:7, 8).”[1]

Os pecados da adoração e do casamento
1.Líderes espirituais em pecado (v.1-9)
2.Casamentos mistos (v.10-12)
3.Divórcios (v.13-17)



[1] Comentário Bíblico Moody – Malaquias, pg. 10 (Editado por Charles F. Pfeiffer – Imprensa Batista Regular 4ª impressão 2001)

Nenhum comentário:

Postar um comentário