Zacarias 5

Capítulo 5: Juízo contra toda a perversidade
1.Os pecados de perjúrio e roubo são julgados pelo Senhor. O pergaminho voando era de um tamanho descomunal (10 x 5 mt). Não passava despercebido. A Palavra do Senhor é que mostra o pecado. Quanto mais é pregada, mais os pecadores entram em contato com a realidade monstruosa de seus pecados. O crente precisa ler a Palavra de Deus e incentivar às pessoas a fazerem o mesmo. Não são os nossos discursos moralistas que mostrarão ao mundo o caminho tortuoso em que estão trilhando, mas a Palavra de Deus. Os pregadores precisam falar menos de si mesmos, dos noticiários e das curiosidades gerais e pregarem a Palavra de modo genuíno, expondo-a, deixando que ela própria apresente os temas e não escolhermos temas que nos agradem e evitando os temas
ofensivos (v.1-4).

2.O profeta Zacarias vê em seguida um cesto (efa) e dentro dele uma mulher. O cesto tinha uma tampa de chumbo. A mulher representa a perversidade da nação. Nossa sociedade está cheia de pecado, mas parece que o cesto nunca é fechado. Quanto aos crentes, estes devem fechar o cesto e mandarem para longe. A nossa vida é como um grande cesto em que o pecado quer sair, mas no poder e força do Espírito Santo, motivados pela Palavra de Deus, devemos restringir o pecado e fugir dele. A terra de Sinar é Babilônia e é para lá que ficariam a perversidade. O povo deveria recomeçar a vida em Judá com a vida purificada (v.5-11).

Nenhum comentário:

Postar um comentário