Levítico - Um panorama

O livro de levítico[1]
A.Nome do livro
1.Significa "pertencente ou concernente aos levitas". O título original hebraico é "wayyiqra" = "Ele chamou" (1.1). Os levitas eram pessoas responsáveis pelo serviço do tabernáculo (Nm 3.1-13). Este livro contém as instruções divina para os sacerdotes, concernentes aos vários sacrifícios, às festas e às leis de separação (limpos e imundos). Levítico é o livro que mais contém palavras diretas de Deus. Um sacerdote era de família levita, mas um levita, necessariamente, não era um sacerdote.

B.Autor
Moisés. Em mais de 50 pontos dos 27 capítulos, há referências de Deus dirigindo-se a Moisés.

C.Data
1450-1410 a.C. O livro abrange o período de apenas 1 ano, que foi a jornada de Israel no Sinai.

D.Tema
1.Gênesis explana o pecado e a condenação do homem; Êxodo enfatiza a redenção e Levítico trata da
separação e comunhão.

2.A nação foi tirada do Egito e levada ao Sinai em Êxodo, mas em Levítico o Senhor fala do tabernáculo (Lv 1.1) e mostra como o pecador pode andar em comunhão com Deus.

3.As palavras "santo" e "santidade" aparecem mais de 80 vezes nesse livro.

4.A primeira seção do livro trata dos sacrifícios, pois nenhum homem pode se aproximar de Deus sem derramamento de sangue. De fato, a palavra "sangue" é encontrada 87 vezes em Levítico.

5.A segunda metade do livro cobre as leis de purificação, mostrando como as pessoas devem viver vidas separadas para agradarem ao Seu Senhor.

6.Deus redimiu a nação da escravidão; agora Ele quer ver a nação andar em santidade e pureza para Sua glória.

7.Este princípio aplica-se ao crente, hoje. Se fomos salvos pelo sangue do Cordeiro e libertos da escravidão do mundo, devemos andar em comunhão com nosso Senhor (1 Jo 1.5-10). Necessitamos do sangue de Cristo, O Perfeito Sacrifício para limpar-nos do pecado; necessitamos obedecer a Palavra e andar em pureza e santidade neste presente mundo mau. Tudo isso é visto em tipos e símbolos em Levítico.

E.Sacrifício
1.Levítico é um livro de sacrifício e sangue, temas que são repulsivos para as mentes modernas. A humanidade hoje quer uma "religião sem sangue", moralidade sem sacrifício, e isso é impossível. Lev.16 é o capítulo chave do livro; Lev. 17 mostra claramente que é o derramamento de sangue que perdoa o pecado (17.11). A palavra "expiação" significa "cobrir"; é usada 45 vezes no livro.

2.O sangue do VT não pode remover pecados (Hb 10.1-18); isto foi cumprido de uma vez por todas com o sacrifício de Cristo na Cruz. O sangue dos sacrifícios do VT podia apenas cobrir o pecado e apontar adiante, para o Salvador que morreria, completando assim, a obra da Redenção. Os sacrifícios não podiam salvar a alma; isso acontecia mediante a fé na palavra de Deus, pois esta é a fé que salva a alma.

3.Davi sabia que os sacrifícios não eram suficientes para levar embora os seus pecados (Sl 51.16-17); os profetas, também, deixavam isso bem claro às pessoas negligentes (Is 1.11-24). Mas quando o pecador se apresentava com um coração contrito, colocando a fé na Palavra de Deus, então, seu sacrifício era aceitável a Deus (Gn 4.1-5).

F.Tipos  
1.Levítico é cheio de tipos e símbolos de Cristo e Sua obra de Redenção na Cruz. Os cinco sacrifícios ilustram vários aspectos de Sua Pessoa e Obra, e o Dia da Expiação pinta de maneira bela Sua morte na Cruz. Não devemos forçar cada detalhe de cada tipo. Algumas das ilustrações para os sacrifícios, por exemplo, tinham propósitos práticos e higiênicos, apenas, e necessariamente não têm nenhuma lição espiritual específica.

G.Lições práticas
Nós não devemos praticar sacrifícios levíticos hoje, mas este livro ainda traz lições práticas para ponderarmos:

1.A terribilidade do pecado - Somente o derramamento de sangue expia o pecado. Pecado não é algo leve e sem importância; é odioso aos olhos de Deus. Pecado é prejudicial; cada sacrifício era uma despesa para o adorador hebreu.

2.A santidade de Deus - Deus faz uma distinção neste livro entre o limpo e o imundo e adverte Seu povo a "ser santo porque eu sou santo".

3.A misericórdia de Deus - Ele providenciou um caminho de perdão e restauração. Esse caminho é Cristo, "o novo e vivo caminho" (Hb 10.19ss).

H.Este livro serve para nós também
Além das lições que vimos no ponto anterior, outro escritor aponta o valor deste livro para nós, hoje:

1.Revela o caráter de Deus (Sua Santidade e intolerância ao pecado, bem como Sua misericórdia).

2.As condições fundamentais da verdadeira religião (mostrando a necessidade de um mediador e do sangue derramado por este, além de sua total perfeição de vida e caráter, ou seja, apenas Deus).

3.Os princípios que devem reger as legislações humanas (quanto ao governo civil e religioso, trabalho, higiene, males sociais, questão das terras, etc.).

4.A Obra de Cristo (Seu sacrifício e Seu sacerdócio).

5.Os tipos (através destes regozijamos com o cumprimento em Cristo)

I.As ofertas

OFERTA
SIGNIFICADO
Holocausto
Total consagração
Pacífica
Comunhão com Deus
Manjares ou de cereais
Reconhecimento da bondade de Deus
Pelo pecado
Arrependimento e desejo de perdão e purificação
Pela culpa
Ofensas que exigiam restituição

 J.Os seis tipos de sacrifícios de sangue
Mapa de Gleason L.Archer,Jr (Merece confiança o Antigo Testamento?)   

Nome
Propósito
Vítima
Porção de Deus
Porção do Sacerdote
Porção do Ofertante
Holocausto (‘õlah)
Propiciar pelo pecado em ge-ral, pecado ori-ginal; maneira pela qual o povo ímpio se aproxi-mava do Deus Santo.
Macho sem de-feito: boi/carnei-ro/cabrito/pom-ba (segundo as posses).
Animal inteiro “kãlil”=“oferta inteiramente queimada”.



NADA



NADA

Oferta pelo pecado (hatta’t)
Propiciar por transgressões específicas quando não era possível uma restituição.
Boi (no caso de sacerdote ou congregação). Cabrito (se for príncipe).Cabra (se é qualquer um do povo).
Porções gordurosas (gordura das entranhas).
O restante (tinha que ser comido no pátio do Tabernáculo)


NADA
Sacrifício pelo sacrilégio (‘ãshãm)
Propiciar por transgressões específicas  quando era pos-sível a restitui- ção, os danos sendo calcula-dos em seis quintos pagá-veis de antemão Satisfação legal.





Carneiro (somente)





Conforme acima





Conforme acima





NADA
Ofertas Pacíficas (Shelãmim)


1.Oferta de Ações de Graça (Tõwdah)
Comunhão com Deus, uma re-feição de comu-nhão. Por bên-çãos inespera-das ou uma li-bertação, já re-cebidas.
Macho ou fê-mea sem defei-to: boi/carneiro/ cabrito.



Partes gordurosas




1.Oferta movida, peito para sumo sacerdote.




Restante (comer no pátio, no mesmo dia).
2.Oferta Votiva (neder)
Uma bênção ou libertação já obtida, quando um voto tinha sido feito em prol da petição.
Conforme acima
Conforme acima
2.Oferta alçada, perna dianteira direita para sa-cerdote (comer em qualquer lugar limpo).
Restante (comer no pátio, 1º ou 2º dia).
3.Oferta Voluntária (nedãbãh)
Exprime a gra- tidão e o amor para com Deus, de maneira ge-ral, sem dizer respeito a bên-çãos específi-cas.
Macho ou fêmea: boi/carneiro/cabrito (pequenas imperfeições permitidas).
Conforme acima
Conforme acima
Restante (comer no pátio, 1º ou 2º dia

K.As festas
São 7 as principais festas judaicas, instituídas pelo Senhor.

Festa
Referência
Data
Nosso
Calend.
Significado
Páscoa
23.5
14 de Nissan
mar-abr
Cristo, nosso Redentor
Pães asmos
23.6-8
15 de Nissan
mar-abr
Comunhão com Cristo
Primícias
23.10-14
16 de Nissan
mar-abr
Ressurreição de Cristo e a nossa ressurreição
Pentecoste
23.15-22
50 dias após as Primícias
maio-jun
Descida do Espírito Santo
Trombetas
23.23-25
1º de Tishri
set-out
Futuro reajuntamento de Israel
Dia da Expiação
23.26-32
10 de Tishri
set-out
Arrependimento de Israel
Tabernáculos
23.34-44
15 de Tishri
Set-out
Memorial do livramento de Deus ao Seu povo

L.Esboço simples

  I.A provisão de Deus para o pecado (1-10)                   
 II.Os preceitos de Deus para a separação (11-24)                 
III.A promessa de Deus para a prosperidade e sucesso (25-27)

M.aplicações para nossa vida                                         
Os antigos padrões da santidade de Deus ainda têm aplicações para os nossos dias.
1) Padrão de adoração
2) Padrão sexual
3) Padrão de separação do mundo  

1) Deus é santo e merece a adoração sem contaminação
2) O homem sempre achará maneiras de contaminar o relacionamento com Deus na religião, sexualidade e filosofia (maneira de pensar) 
3) Satanás sempre será o motivador de ideias de rebelião contra a santidade de Deus
4) O crente deve sempre buscar a santidade em Cristo 
5) O crente não deve se conformar com a nova moralidade e com a antiga mente do mundo
6) A sociedade sempre racionalizará seu comportamento e se protegerá contra a Palavra de Deus e os seus seguidores
7) Nossa oração deve ser por nós mesmos para nos mantermos puros como Ló num mundo perverso e também devemos orar pelos que estão nos nossos relacionamentos, para que se mantenham limpos na adoração, sexualidade e separação do mundo.



[1] Muitas informações dessa introdução foram tiradas do livro Expository outlines on Old Testament - Warren W.Wierse

Um comentário: