Levítico 21-22

Capítulo 21: As leis para o sacerdócio
Sendo um líder espiritual na sociedade, Deus exigiu que os sacerdotes tivessem uma vida irrepreensível. Desde a sua aparência pessoal até à maneira como conduzisse sua família. As ordenanças para os sacerdotes são bem claras e não significa que Deus exigia esses requerimentos a todos os homens da nação. Por exemplo, o sacerdote não podia ter defeito físico. Isto é algo que foge ao controle pessoal, mas mesmo assim Deus manda selecionar homens para o sacerdócio. Evidentemente, só podia ser da família de Arão. Até certo ponto, podemos afirmar que Deus também exige qualificações dos líderes espirituais de hoje e estas se encontram em 1 Timóteo 3 e Tito 1.6-9. Quando a Igreja abaixa o padrão das qualificações dos líderes por conta própria, sofre a repetição dos escândalos e a progressiva banalização do ministério. Que o Senhor ajude os líderes a ensinarem outros líderes em potencial a manterem o caráter no alto padrão bíblico para não incorrermos na
condenação do diabo que, devido à soberba, foi lançado fora da presença de Deus (conforme 1 Tm 3.6). (v.1-24).


Capítulo 22: Mais ordenanças aos sacerdotes e sobre os sacrifícios

Mais repetições a respeito das ordenanças específicas aos sacerdotes. Toda impureza pode ser cerimonialmente limpa, durante o dia, e ao pôr do sol o sacerdote já estaria pronto novamente para os ofícios sacerdotais. Os alimentos sagrados, reservados ao sacerdote, eram só para ele. Caso o sacerdote tivesse em sua casa um visitante estrangeiro ou um empregado (diarista), estes não poderiam comer do alimento sagrado. Apenas se fosse um escravo comprado ou um filho. O capítulo também adverte sobre homens defeituosos os quais não podiam ser sacerdotes. Fala também da qualidade dos animais para o sacrifício. O profeta Malaquias denunciou o povo pós cativeiro exatamente sobre os sacrifícios defeituosos. Deus é santo e quer que tudo seja feito com perfeição (v.1-33).


Obediência às regras dos sacerdotes
1.Não se contaminar com mortos (exceto parentes imediatos) (21.1-6, 10-12)
2.Não se contaminar com casamentos proibidos (21.7-8, 13-15)
3.Não se contaminar com filhos escandalosos (21.9)
4.Perfeição física (21.16-24)
5.Pureza cerimonial (22.1-9 lepra, fluxo e animais imundos)
6.Não compartilhar do alimento sagrado com estrangeiros (22.10-16)
7.Animais do sacrifício sem defeito (22.17-33)

Nenhum comentário:

Postar um comentário