Deuteronômio - Introdução

Introdução[1]
A.Nome do livro
Deuteronômio significa "segunda Lei", no grego da LXX. Este nome vem de 17.18 pelo fato de que nesse livro Moisés está repetindo a lei à nação. Esse livro não contém uma nova lei, mas uma segunda condição da Lei. O título original hebraico é "elleh haddebãrim" = "estas são as palavras" (1.1). Outro nome apropriado para o livro seria "O Livro da Recapitulação". Devemos notar que quando Deus repete algo de Seus ensinos (e é muito comum Ele fazer isso nas Escrituras) devemos prestar muita atenção, pois são princípios que necessitamos nos firmar.

B.Autor
Moisés. Evidentemente sobre sua morte outro escreveu, no caso os judeus aceitam que
tenha sido Josué, seu sucessor.

C.Data
1450-1410 a.C. O livro cobre um período de dois meses, inclusive 30 dias de luto por Moisés. Porém, a narrativa é dos 40 anos no deserto. Alguns estudiosos negam que teria sido Moisés o escritor, pois Deuteronômio só teria sido escrito nos dias da reforma do rei Josias (620 a.C.). Mas seria difícil isso ser verdade, pois, no cap. 13 há pena de morte para qualquer membro da nação que fizer algum pacto com outros deuses e se alguma cidade aceitar tal pacto deveria ser totalmente destruída sem misericórdia, não poupando sequer os animais. Também, no cap. 12, a ordem era que qualquer homem ou mulher que adorasse outros deuses deveria ser apedrejado sem misericórdia. É impossível imaginar que tais leis fossem editadas numa época em que TODA a nação estava inclinada para esses pecados e que, pouquíssimos estavam isentos de tais idolatrias.

D.Propósito
Há várias razões porque Moisés está recapitulando a Lei antes de entrar em Canaã:

1) Uma nova geração - A velha geração (exceto Calebe, Josué e, evidentemente, Moisés, até o momento) morreu no deserto. A nova geração precisava ouvir a Lei novamente. Essa geração tinha 20 anos de idade, quando a nação fracassou em Kades-Barneia. É importante que conheçam a Palavra de Deus e obedeçam, o que não ocorreu com seus pais.

2)Um novo desafio - Até agora foram peregrinos, doravante estão para entrar na Terra Prometida e tornar-se uma nação habitada. Haveria batalhas e, por isso, deviam-se preparar. A melhor maneira de se preparar para o futuro é entender o passado. "Os que não podem lembrar o passado estão condenados a repeti-lo."

3)Um novo líder - Moisés morreria e Josué seria o novo líder da nação. Moisés sabia que o sucesso da nação dependia do povo obedecer a Deus. Se a nação crescesse na Palavra e no amor ao Senhor, então, seguiria Josué e venceria.

4)Novas tentações - O povo na terra de Canaã enfrentaria diferentes problemas dos peregrinos no deserto. Moisés queria que possuíssem a terra e permanecessem nela. Assim, ele os advertiu dos perigos e deu-lhes a chave do sucesso.

Muitos crentes, hoje, são como Israel (1.1-3). Eles são redimidos do Egito, mas ainda não entraram na herança espiritual do descanso. Estão “deste lado do Jordão”. Precisam ouvir a Palavra de Deus novamente e caminhar pela fé em Cristo Jesus.

E.Palavras chaves
Terra (153); Herança (36); Possuir (65); Ouvir (44); Escutar (27); Coração (46); Amor (20). Essas palavras repetidas mostram a ênfase do livro: Israel entrará e possuirá a terra se ouvir a Palavra de Deus, amá-Lo e ouvi-Lo (obedecê-Lo). Se amamos a Deus, nós O obedeceremos; e se obedecermos, Ele abençoará.

F.Uma mensagem profunda
Encontramos a palavra "amor" muitas vezes nesse livro, ainda que não se encontre em Gênesis até Números. "Amor a Deus e amor de Deus pelo povo" (4.37, 6.4-6, 7.6-13, 10.12, 11.1, 30.6,16,20).  A palavra "coração" (46 vezes em Deuteronômio) é importante; a Palavra deve estar nos corações (5.29, 6.6); pecados começam no coração (7.17ss, 8.11-20); devemos amar a Deus de coração (10.12). Em outras palavras, Moisés deixa claro que bênçãos provém quando o coração está reto. Se estão para possuir a terra, seus corações devem estar cheios do amor de Deus e de Sua Palavra.

G.Um livro para todo homem
Êxodo, Levítico e Números são "livros técnicos" que concernem especialmente aos sacerdotes e levitas, mas Deuteronômio é um livro escrito para todo homem. Enquanto este repete muitas das leis encontradas nos outros livros, dá um novo e profundo significado dessas leis e mostra o que significam na vida diária do povo. Todos devemos ler Deuteronômio várias vezes. LEMBRE-SE: Jesus na tentação citou 4 passagens e todas desse livro.

H.Quem escreveu Deut. 34.5-12?
Alguns judeus estudiosos, como Philo, o alexandrino e Josefo, o historiador, sugerem que o próprio Moisés foi quem escreveu esses versos através da divina antecipação profética. Porém, no Talmude encontra-se a opinião que Josué, o sucessor de Moisés foi quem escreveu.

I.Moisés no monte Nebo
Moisés viu a terra prometida, contudo, não lhe foi permitido entrar nela (32.51). Mas Moisés entraria futuramente nessa terra de maneira gloriosa (Mt 17.3). É bem provável que o último capítulo (34) tenha sido escrito por Josué.

J.Esboço simples

   I.Histórico: Moisés olha para trás (1-4)
  II.Prático: Moisés olha para dentro (5-26)
 III.Profético: Moisés olha para frente (27-30)
 IV.Pessoal: Moisés olha para cima (31-34)



[1]  1.Explore the book - J.Sidlow Baxter
 2.Merece confiança o AT? - Gleason L.Archer, Jr
 3.Manual Bíblico - H.H.Halley
 4.Estudo Panorâmico da Bíblia - Henrietta C.Mears
 5.Christian Workers' Commentary on The Old e New Testaments - James M.Gray
 6.Análise Bíblica Elementar - James M.Gray
 7.O livro dos livros - H.I.Hester
 8.Conheça sua Bíblia - Júlio Andrade Ferreira 
 9.A História de Israel - Samuel J.Schultz
10.Através da Bíblia - Myer Pearlman
11.Introdução ao Velho Testamento -  H.E.Alexander
12.De Adão a Malaquias - P.E.Burroughs
13.O Novo Dicionário da Bíblia
14.Bíblia anotada pelo Dr. Scofield
15.Expository outlines on Old Testament - Warren W.Wierse
16.A Short introduction to the Pentateuch - G.Ch. Aalders
17.Comentários da Bíblia Vida Nova

Nenhum comentário:

Postar um comentário