Deuteronômio 34

Capítulo 34: Fim de carreira
Que momento cheio de sentimentos misturados! Moisés terminou bem a carreira ou não? É certo que ele não entraria por causa da desobediência, porém, a reação dele diante da disciplina do Senhor não foi de rebeldia, mas continuou a realizar a obra do Senhor até quando foi levado para junto do Senhor. Moisés morreu, não podemos duvidar disso, como se algo místico tivesse acontecido com o corpo dele. Simplesmente, o Senhor escondeu o corpo de Moisés, mas ele terminou sua carreira, saindo deste mundo através da morte. Ele vislumbrou o futuro, recordou o passado e marcou muitas pessoas com sua obediência a Deus que foi marcante em sua vida. Josué substituiu na função, mas ninguém pode substituir outra pessoa na essência, pois o plano de Deus para cada pessoa é único. Que sejamos
servos que marquem a vida de outros para se aproximarem de Deus, assim como foi a vida de Moisés (v.1-12).

“Aqui chegamos ao fim de tudo em Moisés. Ele sentiu aquela sentença que passa sobre todos os homens porque todos pecaram... Mas, Leitor! Observe o seu caráter. Ele disse que foi servo de Jeová, o santo de Deus. E nós sabemos pela autoridade do Espírito Santo que preciosa é aos olhos do Senhor a morte de seus santos.”[1]

Fim de carreira
1.Vislumbre do futuro (v.1-3)
2.Recordação do passado (v.4)
3.Morte (v.5)
4.Sepultamento (v.6)
5.Longevidade (v.7)
6.Vidas marcadas pelo servo de Deus (v.8)
7.Transição (v.9)
8.Transição versus exclusividade e ser insubstituível (v.10)
9.Histórico (v.11)
10.Visibilidade enquanto vivo (v.12)



[1] Poor Man's Commentary - Robert Hawker - Published in 1805; public domain (extraído de e-sword version 10.3.0 - 2014)

3 comentários:

  1. Muito esclarecedor!!! Que o SENHOR contínue lhe dando sabedoria.

    ResponderExcluir
  2. Muito esclarecedor!!! Que o SENHOR contínue lhe dando sabedoria.

    ResponderExcluir
  3. Ótimo Deus abençoe.

    ResponderExcluir