Juízes 2

Capítulo 2: O declínio espiritual do povo
1.Da parte de Deus nunca houve uma traição, pois Ele cuidou do povo de Israel desde o Egito. Porém, o povo se misturou com os pagãos e não obedeceram a Deus. Os amigos pagãos acabaram sendo um laço para o povo de Deus. Não há um coração tão duro que não sinta nada com as próprias decepções. Israel se envergonhou e chorou. O lugar se chamou “Boquim” (os lamentadores) por causa do lamento do povo (v.1-5).

“O narrador vai do cap. 1 ao cap. 2 como um pregador moderno do texto para a exposição. As
diferenças aqui são que o texto do sermão do autor derivam dos eventos da história, não de uma página impressa e a interpretação vem do próprio Deus ou de seus mensageiros, seja um enviado de Iavé ou o autor do livro.”[1]

2.O escritor do livro de Juízes retorna um pouco na história para falar de como Josué completou sua obra e deixou para que o povo continuasse suas conquistas, mas a nova geração não conhecia o Senhor. Sempre que uma geração não conhece a Deus é por falha da geração anterior que não ensina. Mesmo não conhecendo ao Senhor, a ira Dele se acendeu, pois o homem tem a responsabilidade de buscar ao Senhor, visto que Ele deixou a natureza e a consciência para não se desviar em pecados. No entanto, o homem sempre busca o caminho da queda, o desvio de Deus, mesmo sabendo da punição que sofrerá (Rm 1.32, 2 Ts 1.8). Deus começa a trabalhar contra o povo, punindo-o, mas para os que desejassem certamente o castigo era um recurso para buscarem a misericórdia de Deus (v.6-15).

3.Os juízes consertavam a situação do momento, mas o povo precisa se erguer espiritualmente. Nem sempre acontecia isso, se é que aconteceu alguma vez. Tornou-se um ciclo infindável. O povo se rebelava, Deus trazia opressores contra o povo, mas levantava juízes quando o povo clamava, porém, tudo voltava como antes, depois que se sentiam folgados das opressões (v.16-23).

A realidade sobre o esfriamento espiritual (Jz 2)
1.O esfriamento espiritual acontece com os que receberam benefícios pelos quais não tiveram que trabalhar (v.1-10)
2.O esfriamento espiritual acontece por rejeitar a Palavra de Deus (v.11-19)
3.O esfriamento espiritual acontece por falhar no teste divino (v.20-23)



[1] Notes on Judges - Dr. Thomas L. Constable, pg. 16 (Published by Sonic Light - 2014 Edition)

Nenhum comentário:

Postar um comentário