1 Samuel 7

Capítulo 7: A vitória de Samuel sobre os filisteus
1.A arca finalmente retorna ao território de Israel. Em Bete-Semes houve uma tragédia, pois os 70 homens desobedeceram e abriram a arca. Deus os exterminou. Os homens de Jearim buscaram a arca e colocaram na casa de Abinadabe. Eleazar, o filho de Abinadabe, ficou responsável em vigiar a arca. Talvez a arca tenha chegado até aquela família por serem levitas e de família sacerdotal. A arca ficou sete meses no território dos filisteus e vinte anos na casa de Abinadabe, em Jearim, território de Israel. As pessoas oravam e tinham a arca como proteção, porém, eram idólatras. Samuel disse que a verdadeira proteção vem da obediência a Deus. O homem confia em seus próprios recursos e usa a presença de Deus apenas com uma bênção adicional. Eles obedeceram ao conselho de
Samuel. Ali em Mispa, Samuel orou com o povo. Houve um sentimento de contrição diante do Senhor demonstrado no ato de derramar água diante do Senhor (v.1-6).

 “Derramar água simbolizava o sentimento povo de total incapacidade para resistir efetivamente o inimigo (Sl 62.8). O povo mostrou que sentia uma grande necessidade em passar tempo em oração para se fortalecer espiritualmente em vez de comer para fortalecer-se fisicamente. Eles fizeram isso através do jejum.”[1]

2.Os filisteus não aprenderam a lição da maldição da arca, por isso, pretendiam invadir Israel. O povo de Israel, por sua vez, também não aprendera a lição com Deus, de que Ele protegerá o povo. Nessa incredulidade, o povo ficou com medo dos filisteus. Samuel incentivava o povo a continuar em oração. Samuel, em um ato sacerdotal sacrificou um animal como oferta de louvor, mas também como expiação pelo pecado de incredulidade do povo. Deus ouviu Samuel. A vitória não veio por armas ou confronto dos exércitos, mas por trovoadas. Os filisteus ficaram apavorados e fugiram diante do barulho do céu. O povo de Israel perseguiu os filisteus e venceu. Samuel colocou uma pedra como memorial e a chamou de Ebenézer (até aqui nos ajudou o Senhor). Enquanto Samuel viveu, os filisteus não invadiram Israel. Israel teve a devolução de terras tomadas pelos filisteus. Samuel foi um servo dedicado a Deus e ao povo (v.7-17).

Encontros (1 Sm 7)
1.O encontro de Deus com o povo (v.1-2)
2.O encontro do povo com Deus (v.3-6)
3.O encontro do inimigo com o povo (v.7-9)
4.O encontro de Deus com o inimigo (v.10-11)
5.O encontro do povo com a paz de Deus (v.12-17)



[1] The Expository Notes of Dr. Constable (Dr. Constable's Bible Study Notes – 1 Samuel - Copyright 2012 by Dr. Thomas L. Constable (extraído de e-sword version 10.3.0 – 2014)

Nenhum comentário:

Postar um comentário