1 Samuel 10

Capítulo 10: O rei Saul é apresentado à nação de Israel
1.A unção do óleo sobre a cabeça de Saul simbolizava a consagração de Deus sobre o reinado de Saul. Ele não foi uma escolha precipitada e errada. Tudo foi dirigido por Deus através do profeta, sacerdote e juiz Samuel. As pessoas podem realmente receber todas as condições de realizar um excelente ministério e decepcionar. Por isso, Paulo diz para Timóteo que ele deve se lembrar da confissão que ele fez diante de muitas testemunhas e da imposição das mãos pelos presbíteros. Saul foi alvo das profecias de Deus, as jumentas seriam achadas e, de fato, o pai de Saul estaria preocupado com a ausência dele. Toda a preparação de Saul esteve envolvida com adoração e sacrifício a Deus. Primeiro ao encontrar Samuel e depois ao encontrar os três homens indo adorar em Betel. Ele também encontraria profetas adorando ao Senhor e o próprio Espírito Santo o
capacitaria para estar no meio dos profetas. Saul saiu de casa por um dia e Samuel está dizendo que ele ficaria 7 dias com os profetas (v.1-8).

2.Deus teve que mudar o coração de Saul. Um rei precisa ser alguém com determinação de querer reinar. Saul era bem conhecido por ser de família rica. As pessoas que viram Saul entre os profetas se admiraram. O tio de Saul estava por ali e quis saber de tudo, mas Saul omitiu as palavras de Samuel que o consagrou rei de Israel. É meio difícil explicar que você saiu para resgatar jumentas e voltou rei. Samuel convocou o povo de Israel, todas as tribos, para anunciar que o desejo da nação de ter um rei estava sendo realizado. Vemos que Samuel enfrentou aquela rejeição, anteriormente, de modo obediente a Deus. Não imaginavam que seria Saul, pois ele não estava ali. Afinal, Samuel veio para apresentar um rei, mas o rei não estava presente. Porém, Samuel disse que ele estava escondido na bagagem. O próprio Samuel afirmou que não havia ninguém igual a Saul entre o povo. Ele era a escolha perfeita. O povo concordou e saudou o novo e primeiro rei de Israel. Tudo foi devidamente registrado num livro e colocado na casa do Senhor. Saul estava rodeado de homens corajosos. É verdade que sempre que se levanta um líder há oposição por parte de alguns. Logo no início Saul foi desprezado, porém, isso não significa que não era a escolha certa (v.9-27).

“Entre as carroças ou bagagens do povo que ali se reunia. Provavelmente, Saul fez isso a partir de um senso de sua própria indignidade.”[1]

O peso da responsabilidade de uma liderança confirmada por Deus (1 Sm 10)
1.Capacitado por Deus (v.1)
2.Confirmado por Deus (v.2)
3.Reconhecido pelos homens (v.3-5)
4.Cheio do Espírito Santo (v.6)
5.Obediente (v.7)
6.Paciente (v.8)
7.Transformado por Deus (v.9)
8.Causa admiração nos outros (v.10-12)
9.Discreto quando necessário (v.13-16)
10.Apresentado oficialmente (v.17-21)
11.Sentimento de indignidade (v.22)
12.Honrado pela maioria (v.23-24)
13.Envolvido em responsabilidades e expectação (v.25)
14.Cercado de amigos e inimigos (v.26-27)



[1] John Wesley's Explanatory Notes on the Whole Bible – 1 Sm 10.12 (extraído de e-sword version 10.3.0 – 2014)

Nenhum comentário:

Postar um comentário